sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

tinham...

Foto Júlia Tigeleiro


Tinham o rosto aberto a quem passava.
Tinham lendas e mitos
e frio no coração.
Tinham jardins onde a lua passeava
de mãos dadas com a água
e um anjo de pedra por irmão.
Tinham como toda a gente
o milagre de cada dia
escorrendo pelos telhados,
e olhos de oiro
onde ardiam
os sonhos mais tresmalhados.
Tinham fome e sede como os bichos,
e silêncio
à roda dos seus passos.
Mas a cada gesto que faziam
um pássaro nascia dos seus dedos
e deslumbrado penetrava nos espaços.

Eugénio de Andrade

segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

o choupo

Foto de Júlia Tigeleiro



"dizer-te é inclinar-me
sobre o
silêncio

faz que eu seja
o choupo
todo dobrado
na face pressentida
das águas"


José Tolentino Mendonça


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

leis no coração do caos...

Foto Júlia Tigeleiro


Se urdimos leis no coração do caos, foi para as pernas não
tropeçarem uma na outra, foi para os braços não
enrolassem o pescoço, foi para que o destino ficasse mais
longe.

Henrique Manuel Bento Fialho





Uma das mais bonitas melodias de Natal

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Falso lugar...

Foto de Júlia Tigeleiro


"tenho pássaros nos olhos, como se ainda fosse muito cedo."


gil t. sousa

domingo, 11 de dezembro de 2016

Era o tempo...

Obrigada AC




Foto Júlia Tigeleiro



Era o tempo das romãs e do frio que lhes rachava os corações... 

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

O VENTO AGITA AS SOMBRAS...

Foto Júlia Tigeleiro

na minha mão, lança-me
vultos, um nome em chamas, versos
afiados contra os dedos.
sempre pressenti a distância mínima entre o poema e o medo
de não saber regressar a casa.


Renata Correia Botelho