segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Ninguém é de ninguém...

Foto  Júlia Tigeleiro



"Passou depressa
o nosso tempo sem palavras, quando só
o tato contava

E sabíamos ainda
como o amor pode ser grande
quando ninguém é de 
ninguém."

Hans-ulrich Treichel


... e nas mãos de um mundo insano, entregamos o nosso destino...






2 comentários:

  1. Essa imagem encerra um milhão de sentimentos. Parabéns pela sensibilidade fotográfica, tão bem regada com singelos versos.
    Grata pela sua presença lá no meu espaço. Aproveito para desejar um Feliz Ano Novo, cheio de alegrias e saúde.
    Abraço festivo
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderEliminar