terça-feira, 8 de março de 2016

infinitudes...

Nada nesta vida tem valor se não nos comovermos com o sofrimento dos outros...

Foto de Júlia Tigeleiro

Nas palmas das tuas mãos leio as linhas da minha vida
Linhas cruzadas, sinuosas, interferindo no teu destino
Não te procurei, não me procuraste - ia-mos sozinhos por estradas diferentes
Indiferentes, cruzamos passadas com o fardo da vida...
Corri ao teu encontro
Sorri
Falamos
E, desde então, caminhamos juntos na vida

Cora Coralina



Foto de Júlia Tigeleiro




meninos das estrelas...meninos de ninguém...
Foto de Júlia Tigeleiro

Olhou-me com aqueles olhos enormes e curiosos que  me encantaram a alma. Olhei-o  e perguntei: 
- Dás-me vinte estrelas do teu céu?
Contou e recontou pelos pequeninos dedos das mãos e disse-me: 
- Mas eu só tenho dez estrelas.Oh, está bem, eu dou.
Fiquei maravilhada com aquele coraçãozinho, que me dava mesmo o que não tinha. Corri atrás dele a balançar-me ao vento quente de agosto, e desde então nunca mais soube de mim...


Foto de Júlia Tigeleiro
muitas vezes basta ser:
colo que acolhe,
abraço que envolve,
palavra que conforta,
silencio que respeita,
alegria que contagia,
lágrima que corre,
olhar que acaricia,
desejo que sacia,
amor que promove.

e isso não é nada de outro mundo,
é o que dá sentido à vida.
é o que faz com que ela
não seja nem curta
nem longa,
mas que seja intensa,
verdadeira, pura,
enquanto durar.

Cora Coralina




Sem comentários:

Enviar um comentário