quinta-feira, 10 de março de 2016

a direçao do voo

Foto de Julia Tigeleiro


Acordei também com os pássaros e estudei a posição em que os bordava nos seus vestidos.
E disse: para que lhes espetas a agulha no coração?
E ela respondeu: para que aprendam a direcção do voo.


Daniel Faria


Foto de Júlia Tigeleiro

Amo o caminho que entendes por dentro das minhas divisões.
Ignoro se um pássaro morto continua o seu voo
Se se recorda dos movimentos migratórios
e das estações
Mas não me importo de adoecer no teu colo.
De dormir ao relento entre as tuas mãos.

Daniel Faria
Foto de Júlia Tigeleiro

6 comentários:

  1. Ah, Júlia, as suas fotos dispensam palavras, elas são autênticos poemas!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
  2. Já somos dois A(s)!
    Se tivéssemos assento
    ainda faltariam dois naipes
    portanto.
    Entretanto,
    enquanto não chegam,
    (mais Agostinhos)
    faço minhas as palavras de AC.

    Calhou assim, Jotatê ou o esplendor está sempre na calha ?

    ResponderEliminar
  3. estas fotos...são mesmo boas!

    bom final de semana.

    beijinho

    :)

    ResponderEliminar
  4. Muito obrigada, as suas também são.Bfs e bj.

    ResponderEliminar