domingo, 17 de janeiro de 2016

O passado envelhece-nos...


O passado envelhece-nos



Foto de Júlia Tigeleiro


Tenho uma amiga que diz que o segredo para se manter jovem e nunca olhar para trás." O passado envelhece-nos", repica constantemente. Não sei se isso e bem assim, mas o que eu acho e que o tempo  não volta para trás, venha  o que vier. Podemos fazê-lo na nossa cabeça, mas fisicamente  nada  se  repete na vida, por muito que tentemos "reiterar" o que já se foi  para sempre. Voltar atrás daria muito jeito em certas situações, mas tudo muda a cada instante e a roda não para." - Yosef - Jose Cunha Rodrigues


Encontrei isto para contrariar o " passado envelhece-nos"...


" Há  vária  gente  que  não  gosta  de  evocar  o  passado. Uns  por  energia,
disciplina prática e arremesso. Outros por ideologia progressista,visto que
todo o passado é reacionário. Outros por superficialidade ou secura de pau.
Outros por falta de tempo, que todo ele é preciso para acudir ao presente e o
que sobre, ao futuro. Como eu tenho pena deles todos. Porque o passado é a 
ternura  e  a  legenda, o   absoluto   e  a  música, a  irrealidade sem  nada  a 
acotovelar-nos. É  um  aceno  doce  de melancolia a fazer-nos sinais por sobre 
tudo. Tanta hora gasto na simples evocação. Todo o presente espera pelo passado para nos comover. Há a filtragem do tempo para purificar esse presente até à fluidez impossível, à sublimação do encantamento, à incorruptível verdade que nele se oculta e é a sua única razão de ser. O presente é cheio de urgências mas ele que espere, Há tanto que ser feliz na impossibilidade de se ser feliz. Sobretudo  quando o futuro já se lhe toca com a mão. Há tanto que ter vida ainda, quando já se a não a tem..."           

Virgílio Ferreira

Sem comentários:

Enviar um comentário