sexta-feira, 1 de junho de 2018

a minha alma...

Foto Júlia Tigeleiro


a minha alma
é água fria...


Mário de Sá Carneiro

6 comentários:

  1. ...Em ânforas d'Ouro... entre cristais... como tão bem nos mostra a imagem, neste final de dia... em tons de Ouro... e maravilhosos reflexos...
    Uma imagem, que de facto, nos enche os olhos e a alma...
    Beijinhos! Boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A pureza das aguas que nós vai orvalhando a alma.

      Eliminar
  2. as paisagens (a alma do tempo) frias são porventura as mais luminosas...

    abraço

    ResponderEliminar
  3. Uma alma aberta, e com a mesa posta e quartos preparados, para receber os visitantes que vêm tantas vezes de longe, cansados, com fome e frio da jornada. Um abraço poeta e grata pela visita ao meu cantinho.

    ResponderEliminar
  4. - O que trazes para mim?
    - Sá-Carneiro
    - Posso escrever nesse rótulo?
    - ....
    - Tomo o silêncio como o sinal de aprovação:
    Quem beber do seu interior aprenderá que entre a beleza do fragmento e o resgate desse instante capturado pelo teu olhar se encontra uma pulsão sem prazo de validade e sem contraindicação.
    Abraços, Júlia!

    ResponderEliminar
  5. A eternidade é a sua validade, e contraindicado a corações empedernidos ( que também os há). Um abraço Carlos.

    ResponderEliminar