sexta-feira, 20 de abril de 2018

espera...

Foto Júlia Tigeleiro




Espera, não vás ainda, espera um bocadinho, não te deixes arrastar já pela corrente desse rio que tens em ti. Deixa-me nadar, flutuar e velejar na água límpida e doce que te molha o olhar, quando me adivinhas prestes a chegar. Espera um bocadinho, não vás sozinho, acho que te quero acompanhar.

Cores e outros amores blogue








4 comentários:

  1. Aparenta, a imagem, um trabalho minucioso de edição, para que a saída atinja, porventura, a felicidade da comunhão sagrada das águas: O par, os barcos a par que se deixam levar. Até ao âmago.
    BFS, Júlia.

    ResponderEliminar
  2. As sua poesia encanta-me. Um sorriso para um fds tristonho. Um abraco Agostinho.

    ResponderEliminar
  3. Magnifica esta espera feita de cumplicidade... entre imagem e palavras... como sempre, muitíssimo bem harmonizadas...
    Adoro as tonalidades, o enquadramento e o tratamento, da imagem...
    Beijinhos
    Ana

    ResponderEliminar