sexta-feira, 17 de março de 2017

a vida é esta incerteza que em mim mora...

Fofo Júlia Tigeleiro



Cheguei.
Sinto de novo a natureza
longe do pandemónio da cidade
aqui tudo tem mais felicidade
tudo é cheio de santa singeleza
vagueio pela murmura leveza
que deslumbra de verde e claridade
mais nada.

Resta vivida a saudade
da cidade em bulício e febre acesa
ante a perpetiva da partida
sinto que me arranca algo da vida
mas quero ir.

E ponho-me a pensar
que a vida é esta incerteza que em mim mora
a vontade tremenda de ir-me embora
e a tremenda vontade de ficar.

Vinicius de Morais








Sem comentários:

Enviar um comentário