segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

poro por poro...

Foto Júlia Tigeleiro


para aqueles que amam demais...


e quando me escrevias, era tão belo o que me contavas que me despia para ler as tuas cartas. Só nua eu te podia ler. Porque te
recebia não nos meus olhos, mas em todo o meu corpo, linha por linha, poro por poro.


Mia Couto

1 comentário:

  1. Pouco há a dizer, a não ser: lindo!
    (Júlia, hoje vou levar comigo mais uma foto sua. Espero que não se importe.)

    Abraço

    ResponderEliminar